terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Desejos de grávida - Huuuuummmmm!


“Gi, me conta uma coisa, você teve muitos desejos durante a gravidez?”

Eu já reviro os olhos com essa pergunta, que aliás, está na minha lista oficial das “10 perguntas mais frequentes”! Dez entre dez pessoas me fizeram esta pergunta e obtiveram a mesma resposta:

Veja bem, mas é claro que eu tive desejo sim durante a gravidez, opa, e como tive! ADOROOOOO! Um super desejo, um desejo daqueles - Desejei durante 9 meses que a minha filha nascesse para que o maldito refluxo me deixasse em paz! Pronto! Falei! Falei e disse! Meu Pai do céu! Que coisa desesperadora! Olha, eu consegui rir de todas as minhas pequenas desgraças gestacionais, mas rir do refluxo foi puxado, a coisa foi... é…está sendo intensa só aquele tanto, sabem? Aquele tanto insuportável!

Meus enjôos começaram com 7 semanas de gravidez, o refluxo começou com 7 semanas e 1 dia. Os enjôos passaram com 16 semanas e o refluxo passou com…..não passou!!!!!!!! NÃO PASSOU! É isso mesmo! Em caixa alta! Sim, minhas queridas, o bicho grudou em mim como se fosse um encosto daqueles! Eu tentei de tudo!!!!!! Todas as dicas que me foram dadas, foram seguidas e adiantou…NADA!!!!!!! Seguem as principais dicas :
-         Coma fracionado - COMI
-         Coma de 3 em 3 horas - COMI
      Coma pequenas porções - COMI
-         Mastigue bem os alimentos antes de engolir - MASTIGUEI!
-         Não beba líquidos durante as refeições - NÃO BEBI!!!
      Não coma menos de duas horas antes de você se deitar - NÃO COMI E DEITEI! Aliás, este tópico eu vou até desenvolver rapidamente: você deita com uns 4 travesseiros para ficar numa posição inclinada para que o refluxo não venha...até parece que ele não vem!!!!! Gente, isso é mentiraaaaaaaaa! Ele vem SIM! Aí, você se senta! Espera uns cinco minutinhos... Aí, você deita, e ele vem de novo...aí você senta...e deita...e senta...e isso pode durar uma noite inteira!!!!!! Brincando de vivo-morto com a porcaria do refluxo!!!! E ele sempre ganha e você acaba dormindo sentada! ARGH!
      Seguindo as dicas:
-         Coma alimentos ácidos e se não funcionar, não coma alimentos ácidos - COMI e NÃO COMI!!!!!!
-         Faça Esportes - FIZ! Não funcionou? Já sei: 
      Pule num pé só - PULEI!!!! Reze para Santo Expedito, faça a dança da chuva, peça pro Papai Noel, para a fada madrinha, fada do dente, fada açucarada, peça pra qualquer santo, pombas!!! Pai de santo, mãe de santo, mãe Diná, Orixá, Yansan, Oxalá, Ogum, Oxum, Bebum!!!!! Não melhorou? Então faça uma farofada com galinha preta, peça aos duendes, aos elfos, acenda 35 velas, tome banho de sal grosso, de 7 ervas, de creolina, não adiantou???? Não mesmo? Jura? Então tenho uma dica bárbara: Espere o seu bebê nascer! Assim que nascer, dizem que o refluxo passa na hora!!!! AAAAAAHHHHHHHHH!!!!!!!!
Parece exagero, né? Pois se te parece exagero, das duas uma:
1)  Você nunca engravidou.
2) Você engravidou, mas não teve refluxo, certo? Neste caso, você é uma daquelas pessoas cujo o boneco de vudu está prontinho na minha mão pronto para ser espetado! Gente!!!! Não diga pra uma grávida que passa muito mal, que você, na sua gestação não sentiu NADA!!!! Por favor, pelo seu próprio bem, não faça isso! Você vai ganhar uma inimiga para todo o sempre, e pelas próximas vidas! Isto é uma questão de etiqueta gestacional, caras amigas! Isso não se faz! A pessoa tá daquela cor, verde-amarelada, passando mal com a maldita folha de alface voltando, queimando pelo esôfago da pobre coitada, e você vira pra ela, com um sorriso maternal nos lábios e diz: “tá passando muito mal, amiga?” A coitada nem tem forças pra responder, porque está ocupada fazendo a folha de alface descer guela a baixo e você prossegue: “Tadiiiinha! Deve ser horrível, né? Na minha gravidez eu não senti nada!”

"Deve ser horrível"???????? Depois morre e não sabe por quê!!!! Eu mato e ainda alego legítima defesa!!!!! Alego estado puerperal, alego o que for, mas eu mato!

Agora, para aquelas que como eu sofreram com o refluxo sabem muuuito bem como é o ciclo: Você come, e no momento em que mastigou e engoliu a última porção de comida, é batata: a coisa toda começa a voltar! E comigo foi assim por exatas 32 semanas, todos os dias, o dia inteiro - sabe aquela coisa 24/7? Então, foi bem por aí! É…está sendo!

Aí, vem neguinho e me pergunta se eu tive muitos desejos na gravidez? Ah, fala sério!!!! Tive, né? De parar de passar mal feito uma desgraçada! Você acorda de manhã morrendo de sede, toma um gole d’água e tchan tchan: a água volta na hora! Putz..aí você já nem quer levantar da cama né, coração? Se água tá voltando, imagina o que vai acontecer quando você comer aquele pãozinho com requeijão? Salada então, nem se fala!! Parece piada, mas até a maldita da salada me dava refluxo! Não é brincadeira, meu povo, mas é isso, agora é contar os dias para o refluxo acabar! Tenho uma amiga querida que me garantiu que acaba mesmo! Segundo sua descrição:
“Gi, a melhor lembrança que tenho dos dias que passei na maternidade, foi a sensação de deitar para dormir e o refluxo não me incomodar mais!”  Tá aí, uma palavra bondosa de uma alma caridosa!  

3 comentários :

  1. Com este super relato, pude matar um pouquinho da saudade da Gi e seu bom humor, mesmo ainda com refluxo...rsrs!!! Bjosss

    ResponderExcluir
  2. Pois é Gigi, nao é só porque soua sua dinda, mas tenho que ser solidária.
    Não entendo de gravidez, mas de refluxo.... oooooooorra se entendo.
    De refluxo, de amigdalite gerada pelo acido batendo nela, de sinusite gerada pelo acido chegando ate a parte nasal, e assim ia. Super circulo vicioso, nao dava nunca pra saber quem vinha primeiro mas nunca passava. Agora nao tenho o que reclamar, mas nao posso falar muito pois a qualquer momento ele pode voltar ( andou ameaçando esses dias by the way) E sim, NADA melhora. ( O tal do suco da batatinha da uma aliviada na hora e as coisas naturebas que comentei que comprei aqui ajudaram bastante) mas até eu vir pra ca.... sei bem. Dormir sentada nao adianta. E comer alface é PIOR ainda . Teve até um médico que me passou uma dieta bizarra, nda de salada crua, graos integrais, laticinios, coisas acidas ( e eu olhava aquela lista e me pergunta o que que sobrava pra eu comer) e tambem, nao adiantou porra nenhuma. Isso quando nao era a epoca que o refluxo tava quase virando anorexia, pq eu comia e tinha que correr pro baheiro se nao voltava no lugar em que eu estivesse ( eu literalmente comia e vomitava) AHHHH lembrei de outra... o calo que eu tive nas cordas vocais foi culpa de quem?? Dele mesmo!! Do refluxo. Diagnosticado em exame.
    Esse ano o "dragaozinho" fez umas visitinhas, e como eu nao tinha mais amigdalas ele formou uma ulcera na minha garganta, mas Graças ao Papai do céu, no momento ele esta muito comportadinho.
    Pensamento positivo que quando a Nina chegar, ele vai passar. Pois o meu, o nunca sei quando ele vira. E vou te dizer, bateu ansiedade ele aparece. Entao as vezes é isso que ta pegando tambem né??Deve potencializar. O problema é o que fazer com essa tal monstra. Eu to tentando domar mas ta dificil. Se voce descobrir por favor me avisa. Agora é comemorar que já já tudo isso vai passar e a nossa princesa vai chegar!!!

    ResponderExcluir
  3. LINDAAAA!!! Tô louca pra te ver pra você me contar como foi a tua primeira noite sem refluxo!!! Meu coração está contigo!!!

    --Mari (SPina)

    ResponderExcluir

Curtiu? Aqui tem mais!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...