quarta-feira, 17 de abril de 2013

Assaduras?

A principal causa das assaduras é a umidade. Recém-nascidos fazem xixi o tempo todo, e também defecam com frequência. Nem as fraldas com o máximo poder de absorção conseguem tirar toda a umidade do contato com a pele do bebê, que é muito delicada. Se a troca de fralda demorar muito, é quase certo que haverá assadura. Mas o problema pode aparecer também mesmo com trocas frequentes e com todo o cuidado, dependendo da sensibilidade da pele de cada criança. 

Se a assadura comum não for tratada, pode se transformar em um problema mais sério -- como uma micose, como a candidíase, ou uma infecção bacteriana. As micoses por cândida (o mesmo fungo que causa o sapinho e a candidíase vaginal) são mais comuns em bebês que estejam tomando antibióticos. Essas drogas matam as bactérias "boas" que normalmente controlam a proliferação dos fungos. A micose causada pela cândida começa com pequenos pontinhos vermelhos, que vão se multiplicando até formar uma placa vermelha. As infecções causadas por bactérias provocam o surgimento de placas amareladas e espinhas de ponta amarela, e podem vir acompanhadas de febre.

Prevenção:

A melhor defesa contra a assadura é um bumbum sequinho. Siga estes passos básicos: 

Troque a fralda do bebê assim que possível, se ela estiver encharcada ou com cocô.
Limpe a área dos órgãos genitais do bebê com cuidado depois de cada cocô, e deixe-a bem seca antes de fechar a fralda.
Passe uma fina camada de pomada antiassadura no bumbum do bebê, como as de óxido de zinco. 
Não use talco -- ele pode ser aspirado pelo bebê e ir para os pulmões.
Não aperte demais a fralda. É preciso deixar espaço para o ar circular e a pele do bebê poder respirar.
Evite o uso de amaciante nas roupas do bebê.
Quando seu filho começar a comer alimentos sólidos, não dê muitas novidades ao mesmo tempo, dessa forma, fica mais fácil perceber se a assadura se deve a alguma alergia alimentar.

E quando a assadura já se estabeleceu?
Até hoje a Nina não tinha tido problemas com assaduras, mas de repente...!!!! Eis que vou trocar a fraldinha dela e vejo o bumbum muito vermelho. Muitas vezes, no caso de uma assadura que já se estabeleceu, o uso de cremes contra assaduras pode não ser suficiente para curar. Aqui vai então uma dica maravilhosa, dada pelo próprio pediatra da minha pequena:


Alternar nas trocas o uso da pomada Cetrilan e Maisena!!! Isso mesmo! A Maisena deixa a região bem sequinha, auxiliando o tratamento da assadura. Em dois dias o bumbum da Nina já tinha sarado!



Abaixo, informações sobre a pomada Cetrilan:

CETRILAN é um creme protetor e cicatrizante com ingredientes suaves que protegem e hidratam a pele. Sua textura permite adequada proteção contra agentes externos, possibilitando o restabelecimento da barreira cutânea. Sua formulação reúne ingredientes com várias ações. O óleo de amêndoas doces e a lanolina proporcionam ação emoliente, com melhora da textura da pele. O óleo de calêndula é um calmante natural para peles irritadas. A cetrimida protege a pele de forma suave. O óxido de zinco possui ação antipruriginosa e secativa. A presença de silicones e cera de abelha proporcionam melhor proteção. COMPOSIÇÃO: Disodium Edta, Methylparaben, Glycerin, Lanolin, Cyclomethicone, Prunus amygdalus Dulcis 011, (Calendula officinalis Flower Ou, Propylparaben, Paraifinum Liquidum, Sorbitan Oleate, Lanolin Alcohol, Beeswax, Cetrimonium Bromide, Zinc Oxide, Talc, Dimethicanol, Fragrance, Aqua.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Curtiu? Aqui tem mais!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...