quinta-feira, 20 de junho de 2013

Te Peguei 2: A Lady Murphy e o incrível fenômeno das mamadas que se encontram...

Não, não! Eu não escrevi errado não! Era uma vez o tal do Murphy que tinha uma esposa, a Lady Murphy e ela era mãe!!!! Com certeza!!!! A Lei do tal do Murphy foi inventada pelo Murphy em questão ao ver de perto todos os "Te Peguei" que seu bebê pregava na sua esposa, a pobre Lady Murphy! Afffeeeee! 

Caras amigas, vou logo avisando: mais cedo ou mais tarde o incrível fenômeno das mamadas que se encontram cai como um raio fulminante bem no meio da sua cabeça e sim: é quando você menos espera!!!! Minha bebê vinha dormindo super bem à noite, então arrisquei uma saidinha com meu marido. Ela ficou dormindo, e saimos por apenas duas horinhas pra jantar num restaurante que ficava literalmente a uma quadra de casa!!! Heheh! 


Foi o melhor que pude fazer, marido! Pra uma primeira saída, nem pensar ir a qualquer lugar um pouco mais longe! Qualquer chorinho, a mamãezinha poderia voltar em dois passitos! Na verdade, me conhecendo bem, eu voltaria mesmo é correndo feito uma doida no meio da rua falando: "filhotinhaaaa, pitchuuuuu, calma que a mamãe tá chegando, baixinhaaaa" como se ela pudesse me escutar!!!! Kkkkkkk! Sim, meu nome é Giovanna e sou uma "dessas mães" e todas as mães que se reconhecem em mim digam agora: "olá, Giovanna"!! Heheh!

Vou criar minha versão do MADA - Mamães que amam demais/Affe!!!!!

A saidinha foi linda! Tudo certo! Meu marido e eu nos divertimos muito! Ele falava comigo, e eu dava risada - nem sabia de que raios ele tava falando porque eu só pensava na Catarina em casa! Mas eu tava lá, com caras e bocas, fazendo ele acreditar que eu tava mesmo prestando atenção em tudo! Foi muito estranho conseguir comer sem a Pitchu penduradinha em mim, comi de palititios e nem derrubei molho shoyo em mim mesma, como acontece 11 entre 10 vezes que como comida japonesa "avec Pitchu"!





Voltamos pra casa, tudo certo! Nina dormindinho deliciosamente...


Com isso, eu acabei indo dormir bem mais tarde, lá pela 1:30 da manhã, mas OK, ela vinha dormindo muito, muito bem, então sem problemas, né????

#sóquenão


Rolou um TE PEGUEI punk rock nesta madrugada!!!!! A Nina acordou as 3 da manhã, mamou, e TCHAAAAAAN!!!!! Não queria dormir de jeito nenhum! Ela mamou e arregalou os olhinhos para mim, tipo: "Foi sair né, Mamãezinha? Agora vai ficar aqui comigo"!!!! hahahahhahahaha!!!!! Putz, mas não tinha nada que eu pudesse fazer, eu embalei, acalentei, dancei, cantei, nanei, opa, quer dizer ninei, mas quase nanei também, e a Nina lá...quase cantarolando a musiquinha dos smurfs pra mim!!! Lá lá lá lá... hahahah


Eu já estava tonta, torta, os olhos ardiam, perdiam o foco, olhei no relógio e já eram quase 5:30 da manhã, aí sim, ela me olhou e começou a me fazer boquinha de quem queria mamar. Mas o quê? Mas a próxima mamada já chegou?!


Essa ideia de que uma mamada emendou na outra é um negócio desesperador, porque você nem precisa olhar no relógio para saber que já se passaram umas 3 horas e você ali, numa batalha contra o sono tentando se equilibrar nas próprias pernas enquanto tenta ninar a sua bebê. É de entortar qualquer mãe - melhor seria tomar um soco bem na boca do estômago! Mas como não dá pra escolher, lá fui eu, inconformada dar o mamá que resolveu emendar no mamá anterior! VIXEEEE! 

Aí sim, ela dormiu, umas 5 da manhã, fofuríssima, e acordou às 7, suuuuuuuuuper bem disposta.

E eu???? 

Moral da história: Saiam mamães, saiam bem tranquilas, voem livres por aí, se divirtam e vivam este momento intensamente, como se não houvesse amanhã. Mas o amanhã existe, tá? Ele existe sim, e é bom estar preparada para a retaliação...ela virá!



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Curtiu? Aqui tem mais!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...