terça-feira, 16 de julho de 2013

Viajando com Nina - PARTE 2: A mala de Pitchu (continuação)

Pois é, meninas, eu não me confundi não! Sei que já escrevi sobre a mala da Nina, mas acontece que o episódio "Mala de Pitchu" tem parte 1 e 2.

Antes de prosseguir devo deixar o seguinte recado ao meu marido:

- Amor, te amo!!!! Só estou escrevendo este post porque você me deu sua autorização, do contrário este segredo morreria ente nós, Gui, Van, Dudu, Rafa, seus pais, Dinda Cacá e Ailton! Ia ser uma coisa tipo "Eu sei o que vocês fizeram no feriado passado", e levaríamos este segredo para o túmulo! #sóquenão!!!! Hahahahahahahahahahaha!

Não entenderam a razão desse recadinho ao maridinho, né? Pois já vão entender...

No post anterior, contei pra vocês a correria que foi para arrumar a mala da Catarina, junto com a minha muda de roupas. O que eu não contei pra vocês é que, enquanto eu corria feito uma doida, arrumando tudo da Nina, arrumando A Nina e tentando dar um jeito em mim também, meu marido estava sentadinho na poltrona de amamentação da Nina tomando o seu breakfast calmamente, como se não houvesse amanhã! Esse é um clássico! Ele estava lá, tranquilo, nem aí pra hora do Brasil, comendo seu pão com geléia orgânica de laranja, e eu pulando de um lado pro outro feito uma mãe insana, quase me teletransportando pelos cômodos da casa! Sim, eu estava a um passo de conseguir me materializar em 2 cantos da casa ao mesmo tempo.

Ele não estava bem, tadinho, verdade seja dita, mas este não é o ponto!

Depois, tomou um açaí bem gostoso e se deitou um pouquinho para recuperar as energias que havia gasto ao comer o pão com geléia.

Bom, como bem o conheço, não tardou para dar o famoso funiquito no marido!!! Ele levantou, começou a bater palmas e gritar pela casa: "Alvoradaaaaa (afffe, não aguento esse grito de guerra da época do colegial que ele teima em usar comigo e eu finjo que adoro!!! UHUUUUU!) Amor, vamo bora!!!! Estamos atrasados!!! Vamo que vamo!!! Já vou chamando o elevador, e já vou colocando as malas no carro! Você já está com tudo pronto, né? Boraaaaa! Boraaa!"

Putz! Eu nem tinha conseguido comer! E não é qualquer coisa que eu posso botar pra dentro não! Estou em dieta restritiva pois a Catarina é APLV (ela tem alergia à proteína do leite de vaca, e como sua alimentação é leite materno exclusivo, não posso ingerir qualquer tipo de alimento que tenha leite de vaca e derivados), então já viu, todo o cuidado é pouco! Fiz um ovo mexido voando e comi na frigideira mesmo, tudo grudado, uma eca! Enfim...puro Glamour!!!!

Entramos no carro e vamo que vamo! Tínhamos um compromisso no meio do caminho, então acabamos chegando no hotel já por volta das 18:30. Um frio de rachar, e meu marido fofo disse pra que eu ficasse no carro com a Nina enquanto ele descarregava tudo (leia-se: toda a tralha!). Quando terminou, abriu a porta e disse:

"Amor, já descarreguei a mala, pode vir com a pequena".

Meu sangue gelou...eu petrifiquei por uma fração de segundos...fiz a pergunta a seguir já com medo da resposta:
"Você já descarregou A MALA?"

Ele notou um tom estranho na minha voz, mas respondeu seguro:
"Isso, amor...já descarreguei A MALA..."

Já entrando em pânico, insisti e perguntei novamente:
- Quantas malas você descarregou, amor??? QUANTAS???
- Uma
- UMA?
- É amor...uma.

Nessa hora eu senti que o coração dele parou de bater!!! hahahahahahhaha!
Eu, incrédula, mas ainda esperançosa:

- Que cor é a mala que você descarregou, em nome de Jesus???
- Preta...



AFFFFEEEEEE!!!!!!! PELO AMOR DE DEUS PAI TODO PODEROSO!!!!!!!!!!!!! Ele esqueceu de trazer a mala da Nina!!!!!!!!!!! Ele trouxe apenas a mala dele, aquela que eu invadi, lembra do post anterior? Putz, mas tadinho...a mala da Nina era tão pequenina que ele acabou não vendo (#sóquenão - vide post anterior, tem foto da mala "micra" da Pitchu).

É isso aí, minha gente! Primeira viagem em família e o maridinho esqueceu um pequeno detalhe: A mala da filha!!! O detalhe mais engraçado (teve graça isso?) foi ele me olhando com uma cara de "ah, tudo bem, né? São só 4 dias, dá pra ela ficar sem mala". Não sei se ele realmente pensou isso pois se ele pensou, não ousou falar, ele viu que eu estava quase batendo a cabeça na parede, mas por um milésimo de segundo acho que ele pensou que não precisava dar um jeito de fazer a mala dela aparecer!!!


Caso vocês estejam se perguntando que fim levou essa história, deu tudo certo! Papai foi super eficiente e deu um jeito da mala chegar ao destino sã e salva!



2 comentários :

  1. Vivenciei esta cena com você amiga e sei que no momento foi DESESPERADOR, mas agora que deu tudo certo podemos rir...hahaha...esses pais....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha!!!! Ai amiga, graças a você a Nina teve pijaminha pra passar a noite, coitada!!!! Até o sabão pra tomar banho ela teve que pegar do Rafa!!!! Kkkkk!!!! Essa vai ser uma história clássica pra contarmos pros pequenos qdo crescerem!!!! Obrigada por me ajudar a manter o equilíbrio naquele momento!!!! Rs!! Bjokassss

      Excluir

Curtiu? Aqui tem mais!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...