quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Mas, amor...?

Olha, o dia de uma mãe realmente só acaba quando termina! Pai do céu!!!!! Tem aquela "pseudo-terminada" que é a pior coisa do mundo, você pensa que o dia acabou, mas lembra daquela reta final, sabe? Aquele último respiro? Aquele que você já está de língua de fora, tonta, vesga, com fome, sede, dor nas costas, e ainda tem que dar aquele último gás pra finalizar as pendências do dia? Então, isso é o que acontece quando coloco a Catarina para dormir!

Saio do quarto dela, dou aquela respirada e penso que ufaaaaaa, o dia enfim acabou...mas que nada!!!! A hora que ela dorme é a hora que eu saio fazendo a rapa e ajeitando tudo pro dia seguinte! E olha, tem coisa pra ajeitar, viu? Tonto daquele que pensa que ser mãe é passar o dia vendo Galinha Pintadinha com o bebê! Afffe!

 (Ler o techo a seguir com voz de narrador de jogo de futebol):

Giovanna sai do quarto da pequena, fecha a porta bem devagarinho, sai no pé, ante pé, ante pé, pé com pé, sai recolhendo e guardando todos os brinquedinhos de Pitchu que estão espalhados por toda a casa, corre pra cozinha, coloca água pra ferver num panelão para esterilizar todos os mordedores da doce Pitchu, lava todos os pratinhos, potinhos, colherinhas e outras coisinhas terminadas em "inha" da Nina, coloca tudo no esterilizador, taca no microondas, vai lá, um, dois, quatro minutinhos, enquanto isso lava o cadeirão da Nina que está um nojo, todo sujo de beterrada e espinafre, mas que eca, vai lá, mamãe, limpa tudinho, corre pra cozinha, lava os legumes e verduras, coloca tudo de molho, pica a cebolinha bem picadinha, escorre os legumes, coloca o azeite pra aquecer na panela, vamos lá fazer a janta e a papinha da Catarina para o dia seguinte, vamo que vamo, respira fundo e vai, apitou o microondas, tira as coisinhas terminadas em "inha" e guarda tudo dentro do tupper ware, refoga a cebola, começa a fazer a papinha da Nina e a janta ao mesmo tempo, coloca a lentilha na panela de pressão, claro, pra quê raios fazer uma papinha simples, não, tem que ter lentilha na papinha, marido chega, eu tô que nem uma doida no meio das panelas, o barulho do exaustor ligado, barulho da panela de pressão, a água ferveu, dou aquela escaldada nos mordedores da Nina, marido diz alguma coisa que eu não entendo, ele repete, não ouvi, aí ele grita: "A Nina acordou, tá chorando"!!!!

Oi? Pera aí! Pára tudo!!! Acordou?? Como assim!! Isso nunca acontece! Desligo o fogaréu de todas as panelas, olho pra ele já saindo da cozinha e digo:

- Amor, vou correr no quarto dela para acalmá-la, pode ir jantando! Tem frango, arroz e uma seletinha de legumes refogados ali na panela.
- Ok, amor, vou comendo então que estou morrendo de fome.

Corro pro quarto dela, acalmo a pequena e ela volta a dormir. Chego na sala de TV, meu marido está vendo a novela, César e Felix se matando, olho pra ele e viro estátua! Encaro o meu marido, que me olha com aquela cara e interrogação master, e ele pergunta:

- O que eu fiz de errado, amor?
- Que diabos é isso que você está comendo??????
- Ué, arroz, franguinho, e a seletinha de legumes!!!!
- Seletinha de legumes????? Amor!!!! Isso é a papinha da Nina!!!!!!!!!

imagem oficial
- Mas, amor...?

E lá se foi a papinha da Pitchu...

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Curtiu? Aqui tem mais!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...